Fique em dia com a gente e concorra a prêmios

Equatorial Pará finaliza obras em quatro instituições beneficentes

Inhangapi, Castanhal, Belém e Santarém serão beneficiadas por meio do Projeto E+ Comunidade

Neste primeiro semestre de 2021 a Equatorial Energia Pará concluirá obras em quatro instituições beneficentes do Estado. Por meio do projeto E+ Comunidade, a empresa contemplara com melhorias, construções de estrutura física e aquisição de equipamentos a Ong Noolhar, em Inhangapi, a Casa da Cultura, em Santarém, a Associação Castelo dos Sonhos, em Castanhal, e a a Associação Paraense das Pessoas com Deficiência (APPD), localizada em Belém.

O investimento social da distribuidora de energia nessas instituições fica na ordem de R$ 2 milhões e deve beneficiar centenas de pessoas que são atendidas por cada uma delas. Como é o caso da APPD, que recebeu aporte para a reforma do prédio onde funciona, aumentando a acessibilidade do público atendido, além da compra de móveis e computadores que servirão para montar uma sala de capacitação. 

A analista de responsabilidade social da Equatorial Pará, Michelle Miranda, fala um pouco da conclusão dos trabalhos em meio a um período difícil:

“A pandemia fez com que a alguns trabalhos se estendessem mais para serem concluídos, mas estamos conseguindo superar esse desafio e fazer as entregas dentro de um cronograma lógico. Assim atenderemos todas as pessoas que dependem dessas instituições, de forma segura e assertiva”, ressalta Michelle.  

Todas as obras estão em estágio final. Na Ong Noolhar de Inhangapi estão sendo finalizados os detalhes da nova sede que foi construída pelo E+ Comunidade. No espaço também foram disponibilizados maquinário para produção de produtos a partir de iniciativas sustentáveis de reciclagem, o que garante a geração de emprego e renda. Nessa mesma direção segue a Casa da Cultura de Santarém, que teve seu prédio todo reformado e aquisição de equipamentos e instrumentos musicais.  

Em Castanhal, a Associação Castelo dos Sonhos de ser entregue agora no mês de março. Criada em 1998, a associação atende jovens e crianças da região em situação de vulnerabilidade social:

“Na Castelo dos Sonhos nós construímos uma nova sede, para que eles pudessem atender um público maior, proporcionando um ambiente mais saudável e com qualidade. Também viabilizamos a compra de todos os equipamentos necessários para atendimento desse público”, acrescenta Michelle Miranda.  

PANORAMA SOCIAL  -  Desde 2019, dentro do Projeto E+ Comunidade, A Equatorial Energia Pará já fez a entrega da reforma do Aquário Jacques Huber, no Museu Emílio Goeldi, ampliou o antendimento da APAE de Marabá, viabilizou a reforma da Associação Caminhos de Emaús em Conceição do Araguaia, e montou uma loja para a venda de produtos feitos pelas pessoas atendidas no Lar Fabiano de Cristo, no bairro do Guamá em Belém. 

Mais leve que 3 selfies

Baixe agora o App da Equatorial Energia na sua loja de aplicativos.