Fique em dia com a gente e concorra a prêmios

Marabá recebe ação educativa que conscientiza sobre o uso seguro das pipas

O projeto já passou por Tucuruí, Castanhal, Bragança e Santa Isabel alertando sobre os cuidados com a rede elétrica

Uma das brincadeiras mais comuns entre crianças e adultos durante o período de verão são as pipas. Aliado as temperaturas mais altas e os ventos mais fortes nessa época, este tem sido o passatempo preferido dos paraenses. Porém, a prática exige muitos cuidados, principalmente por conta das recomendações de distanciamento social e das fiações elétricas das ruas. Para conscientizar crianças e jovens sobre a brincadeira, a Equatorial Pará lançou o Projeto Pipas, que reúne informação e diversão com materiais em formato impresso e digital.

Nesta sexta e sábado, dias 7 e 8, o projeto estará em Marabá. As cartilhas e orientações serão distribuídas na Praça da Liberdade, no horário das 8h às 12h, e na Orla de Marabá, no período de 9h às 15h.

CARTILHA E APLICATIVO

Um dos itens que contemplam o projeto é a cartilha educativa. Com conteúdo lúdico e descontraído, uma galerinha antenada sobre o mundo das pipas, papagaios, curicas e rabiolas, a Turma do Geral, explica a historicidade do brinquedo e traz um questionário com perguntas para quem entende deste universo.

Baixe aqui a cartilha:

O Projeto disponibiliza, também, o aplicativo Mestre das Pipas, que revelará, por meio de games de perguntas, os mais conhecedores sobre a brincadeira e os cuidados a serem tomados. Gratuitamente, as pessoas têm acesso ao jogo que está disponível para o sistema operacional Android.

Baixe aqui o jogo: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.parasite.quizenergia

Todas as atividades do Projeto agregam informações de segurança, para que acidentes ou desligamentos do fornecimento de energia sejam evitados.

"Queremos que as pessoas entendam o melhor lugar para que a brincadeira ocorra com segurança e respeito por todos. Não queremos parar a brincadeira, mas informar para que seja realizada, sempre, em local apropriado", afirma Alex Fernandes, executivo de Segurança da Equatorial Pará.

PERIGOS E PREJUÍZOS

Empinar pipas próximo à rede elétrica pode causar graves acidentes. Além do risco de choque, a brincadeira em local inapropriado pode oferecer consequências graves.

Estima-se que só nos primeiros meses deste ano, o Pará registrou mais de três mil casos de falta de energia motivados por pipas em contato com a rede elétrica. Esses registros representam grandes prejuízos para a sociedade, pois atingem várias localidades, milhares de residências, escolas e até hospitais.

O Projeto Pipas já passou por cidades como Belém, Castanhal, Bragança e Tucuruí, nos meses de julho e encerra neste final de semana em Marabá e Santarém.

Mais leve que 3 selfies

Baixe agora o App da Equatorial Energia na sua loja de aplicativos.